ENDED
00 HOUR 00 MIN. 00 SEC.

Ended in
Any bid made in the last 2 minutes of the auction will automatically reset the auction timer to 2 minutes remaining.

S / Titulo - ref: 037
€2,500.00 $2,622.50 approx.
This auction has ended.

Description

Leilão Solidário de 5 de Janeiro a 22 de Janeiro
Destinado a ajudar o Martin, o valor angariado reverte na totalidade para o próprio.

Obra:
Damião Porto
Quadro: S/Titulo
Medida: 40x50
Técnica: Pintura a óleo

DAMIÃO PORTO (1975)
Nasceu em Caminha, Portugal
Vive e trabalha em Moledo do Minho, Portugal

FORMAÇÃO
2009-11 Mestrado em Artes Visuais, FPCEUP, Porto 2001-22 Professor Ensino de Artes Visuais 1995-00 Licenciatura em Artes Plásticas – Pintura, FBAUP, Porto

INFORMAÇÕES DE CONTACTO
damiaoporto.art@gmail.com
damiaoporto.com
facebook.com/damiaoporto.art
instagram.com/damiaoporto.art

Participa em Workshops de Arte, convidado por inúmeras instituições e escolas
Fundador e instrutor, ALVO – Oficina de Artes Representado em várias coleções particulares em Portugal e no estrangeiro
Atualmente trabalha uma série de encomendas privadas de diferentes temáticas

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS
2016 Escultura ´Memoria do Remador´, SCC, Caminha
Horse´s, INpropria Gallery, Viana do Castelo
2008 Circus, espaço balizado, Galeria Artes Solar Sto. António, Porto
2007 Histórias, que nunca ninguém sabe..., Galeria 57, Leiria
2004 Visões pelo Jazz, Mouraria Galeria de Arte, Funchal
2003 Vozes em Português, Galeria Espaço Branco, Viana do Castelo
2002 Cadernos Imaginários, Enes Arte Contemporânea, Lisboa
2001 Estudos à parte, Epicentro - Arte & Produções Culturais, Porto
1999 Interpretações vulgares, Galeria Arte, Caminha

EXPOSIÇÕES COLETIVAS
2017-19 Exposição de Pintura Lusófona, Galeria Comendador Ho Yin, Macau
Várias intervenções e exposições institucionais
2016 Acervo Gallery, Lisboa She´s, Private Gallery, Conrad Algarve
2015 Telling Stories, Private Gallery, Conrad Algarve
2010-14 Vários concursos e exposições institucionais
2009 7ºedição Shanghai Art Fair, China
Silent Running, Kompass Art Gallery, Aveiro
2008 6ª edição Shanghai Art Fair, China
5ª feira Internacional de Arte Moderna e Contemporânea de Bolzano, Itália
30+6, Galeria de Arte do Casino Estoril, Estoril
2007 Galeria Artes, Porto
Jazz, visto por artistas modernos, 1956-2007, Galeria LM, Sintra
2006 Galeria Atlântida, Açores
O Desenho ou Fotografia, Galeria 57, Leiria
2005 14 Fragmentos Contemporâneos II, Museu de Arte da Bahia, Brasil
Fundação Oriente, Macau
2004 Memórias Presentes, Coletiva de Pintura e Escultura, Macau
2003 Castelo de S. João Baptista da Foz do Douro, Galeria Mónica Pereira, Porto
Parcours d ‘artistes, 23éme Salon d ‘Automne, Salle Jaques-Brel- Pontault Combault, France
Três Percursos, Galeria de Arte do Casino Estoril, Estoril
2002 II Prémio BAVIERA S.A. de Pintura, Museu dos Transportes - Alfândega do Porto, Porto
6 x 6, Casa de Portugal em Macau, Macau
Facultad de Bellas Artes Sant Jordi, Barcelona, Espanha
2001 V Prémio Nacional de Pintura da Fundação Rotária Portuguesa, Tomar
2º Concurso de Desenho - Chapim Azul, Porto
Prémio de Pintura e Escultura D. Fernando II - V Edição, Sintra
Facultad de Bellas Artes (Universidad del Pais Vasco) Bilbao, Espanha
II Bienal Internacional de Arte Jovem de Vila Verde, Biblioteca Professor Machado Vilela, Vila Verde
2000 I Prémio BAVIERA S.A. de Pintura, Casa de Serralves, Porto
III Salón de Otoño de Pintura, Real Academia Gallega de Bellas Artes de Nuestra Señora del Rosario, Coruña, Espanha
I Bienal de Pintura Arte de Penafiel, Museu Municipal de Penafiel, Penafiel
École Régionale des Beaux Arts de Caen, Bruxelles, Bélgica
32 Jovens Pintores, Museu Grão Vasco, Viseu
Encontro Internacional PRINTEXBO, Accademia di Belle Arti di Bologna,Itália 1996-99
Vários concursos e exposições institucionais

A história do Martin:
"O meu nome é Amaya e sou a mãe do Martin, venho contar-vos uma história… a história do Martin!
O Martin é o mais novo de 4 irmãos. Sempre foi o caçula da família… amado e consentido por todos! Simplesmente porque é capaz de dar a volta a todos com a sua graça e boa disposição. O Martin é um menino alegre, muito divertido, amigo dos seus amigos, sensível, adora animais e o último pedido que fez ao avô foi que queria uma Cabra ?
Tem espírito aventureiro.
Ficar horas em frente ao computador ou à televisão não é para ele! O Martin gosta de saltar no trampolim, aprendeu a tocar piano de ouvido e já dá uns toques na bateria do Tio. Passa horas a aprender truques com o seu Skate, adora pegar na sua prancha e surfar umas ondas na praia de Moledo com os seus amigos! A sua grande paixão é a Baliza do Ancora Praia Futebol Clube… e tem lá amigos do coração. O Martin é um guerreiro que por infortúnio do destino se encontra a travar uma das maiores lutas da sua vida! Uma luta que nenhuma criança deveria ser obrigada a travar… porquê de um dia para o outro a vida do Martin deixou de ser feliz! A vida do Martin mudou, a vida da família do Martin mudou, a vida dos amigos do Martin mudou… de um dia para o outro o nosso Tin deixou de ser o menino que era e passou a ser outro….
Estávamos quase quase no Natal! Já só pensávamos nas férias e nas prendas… e a caminho de casa, depois da escola e de um almoço com um amigo e a sua mãe o Martin foi vítima de uma terrível negligência… a pessoa que conduzia o carro que transportava o Martin passou um semáforo em vermelho, não ouviu um sinal sonoro e também não viu um carro parado que esperava que as barreiras da linha do comboio abrissem, contornou a primeira barreira e só quando o comboio apitou e os meninos gritaram se apercebeu do que estava a fazer e acelerou levando a segunda barreira em frente. Mas foi demasiado tarde para o Martin. O comboio embateu contra a traseira do carro. Projetando o carro para fora da linha.
Os momentos que se seguiram foram de um pânico terrível. Porquê a passagem de nível fica a escassos metros da casa do Martin. O pai estava no exterior da casa e em seguida percebeu o sucedido. Correu para o carro e apesar de que todos lhe diziam para não mexer nele, ele retirou-o do carro e rapidamente percebeu que o Martin já não tinha pulso e como pode e sabia tentou prestar-lhe os primeiros socorros até à chegada dos bombeiros e do Inem. Depois de longos minutos de tentativa de reanimação e graças ao excelente trabalho dos bombeiros voluntários de Caminha e à insistência do Pai, o Martin voltou à vida!
O amiguinho do Martin e a sua mãe saíram ilesos…
Os dias que se seguiram foram de verdadeiro desespero e desânimo.
Passou o Natal, o ano novo e até o seu aniversário e o Martin continuava no hospital em estado crítico. Passou por uma cirurgia muito complicada e foi essa mesma cirurgia e essa equipa médica que acreditaram que era possível que lhe salvaram a vida.
O facto de o Martin ter sobrevivido a tamanho acidente e impacto ninguém consegue explicar. Não existem casos como o do Martin no qual os médicos se possam basear para fazer um prognóstico. O Martin como consequência desta negligência tem uma lesão na medula espinhal da C0 a C4. Uma lesão cerebral grave provocada pelo impacto e pela falta de oxigénio, um desvio na anca e mais algumas fraturas.
Está neste momento, traqueostomizado, ventilado 24h, não fala, é alimentado por botão gástrico, tem uma tetraparesia e consequentemente dependência total. Somos nós pais que assumimos o papel de enfermeiros 24h por dia, ficando toda a nossa vida em suspenso para poder dar o melhor ao Martin. Temos a nossa própria empresa, vamos trabalhando como podemos pois dependemos do nosso trabalho para viver e dar o melhor ao Martin…
Hoje o Martin está em reabilitação em Braga tem com ele uma equipa multidisciplinar especializada em reabilitação neurológica em idade pediátrica.
A reabilitação Pública não oferece respostas para o Martin, as terapias que proporcionam são básicas no tipo de tratamento e nas horas proporcionadas para o efeito e sem especialidade neurológica.
A ideia que nos foi transmitida é que nos seria ensinado a cuidar do nosso filho com deficiência e que a fisioterapia seria apenas para o manter ativo. Jamais foi pensado pelos fisiatras e terapeutas a reabilitação do Martin para que pudesse voltar a ter um mínimo de qualidade de vida! É considerado um caso perdido no qual não vale a pena investir nos centros geridos pelo Estado. E isto é algo real! Acontece ao Martin e a muitas outras crianças em situações semelhantes.
Não nos restou outra solução se não procurar ajuda na reabilitação privada e em terapias e tratamentos alternativos.
Ouvimos muitas vezes ao longo destes 9 meses que é importante saber gerir as expectativas e não querer mais do que o que é possível! Mas como família não concordamos e queremos mais, muito mais, porquê ser pai é não desistir, é seguir em frente e lutar, ser positivos quando tudo é mau! Sim devemos sonhar! Porquê se não formos nós a faze-lo ninguém se vai preocupar com o Martin! Por isso as nossas expectativas estão sempre bem altas porquê é isso que nos faz avançar!! E a gestão psicológica das mesmas é problema nosso! Somos plenamente conscientes de tudo mas nada nos é dado como garantido e o Martin demonstra todos os dias que é um guerreiro e ficou cá para vencer e nos dar uma grande lição de vida e determinação a todos ?
Quanto ao acidente e ao apuramento de responsabilidades segue o seu curso legal… e todos sabemos que será um processo muito demorado. Quanto à Seguradora da Proprietária do veículo não está neste momento a providenciar ao Martin e à família o que eles realmente necessitam! Já que também acham que não vale a pena investir numa criança com lesões como as do Martin. E que certamente ele não vai resistir à chegada do inverno visto ser uma criança ventilada 24h!
A pessoa que colocou o Martin nesta situação e pela qual toda a família sentia uma grande estima, não sabemos se aprendeu alguma coisa ou não com o grave erro que cometeu mas deveria aproveitar para repensar a sua vida! O perdão começa quando quem erra é consciente dos erros que comete e aprende a viver com eles, a verdade sempre! Essa é a única forma de nos perdoarmos a nós mesmos ?
Pouco depois do acidente e depois de sabermos o que realmente tinha acontecido quebramos o contacto. Escolhemos como pais não o permitir. Alguém que faz o que faz e nega a sua responsabilidade (coisa que juridicamente prejudica muito o Martin), e só aparece no hospital para apoiar o Martin e a família 1 mês depois do acidente não merece qualquer contacto da nossa parte.
O único que nos importa é o Martin! Esse é o nosso foco! Por isso no decorrer destes muitos meses ninguém ouviu falar nada da nossa parte, esta é a primeira vez que nos expomos e falamos do assunto!
Para a família do Martin tudo mudou…. Tivemos de abandonar a nossa terra, o nosso lar, ficar longe do resto da família e dos nossos amigos, mudar de escola… mudar tudo para ficar perto do Martin e assim poder dar-lhe as melhores terapias e o conforto de um novo lar e da família que sempre teve! Porquê a nossa casa é onde estão os nossos ❤️
Com esta página pretendemos como família alertar que o que aconteceu ao Martin pode acontecer a qualquer um… por isso… quando alguém der boleia ao seu filho pense se realmente é uma pessoa suficientemente responsável para o fazer, se você transportar crianças no seu carro, tenha cuidados redobrados com os seus e com os dos outros.
Se estiver com pressa, saia mais cedo!
Se estiver com problemas e com a cabeça noutro lado, não pegue no carro. Pense no Martin. ?
Se estiver com sono, pare o carro e durma. Obrigue sempre os ocupantes do seu carro a colocar o cinto de segurança, porquê bastam uns segundos para destruir a vida de uma família e acabar com o futuro de uma criança.
Como a união faz a força, ninguém vai desistir de lutar pelo Martin. Ele é um guerreiro e tem demonstrado uma valentia e coragem enorme e está na mão de todos os que o acompanham ajudá-lo nesta luta! São muitos… cheios de ideias e vontade de ajudar!!E a todos agradecemos o apoio incondicional que nos prestaram ao longo destes meses.
Aos que se vão juntar a nós agora através desta página pedimos que os vossos pensamentos e energias positivas estejam com o Martin! Porquê o amor vence tudo ?"

https://m.facebook.com/Martin-o-guerreiro-101692008943088/

A obra pode ser recolhida em Vila Nova de Cerveira (local a combinar).
Caso o vencedor pretenda o envio feito por transportadora ou via CTT, os custos serão da sua responsabilidade.

O pagamento será feito por transferência bancária. Os dados serão enviados automaticamente por e-mail no final do leilão.

Last bids

  • No bids

Comments (0)

  • Be the first to comment this auction.

Other auctions



 
Are you related to a charity or know any that you would like to see on Esolidar?

Let us know.

Recommend us to a Charity